BlogBlogs.Com.Br Feliz na Chuva!!!: Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Amor de bicho...

video

Quando assisti a este vídeo, chorei... Achei que era válido deixar de lado os assuntos sobre máscaras e pular uma postagem, para poder falar de amor...

O amor, ainda é a maior arma para construírmos uma sociedade , mais digna, mais sólida e mais feliz...

O amor dos pais é insubstituível...

A falta dele é quase irreparável para um ser humano...

Pensem nisso, repassem e até a próxima...

Com carinho...

Quem pintou a Colombina sozinha ???






Hoje deixo aqui a minha indignação...


Às vezes eu esqueço que o século passado foi marcado pelo machismo, não que eu seja uma feminista, só acredito nos direitos de igualdade, mas não defendo nenhuma bandeira, talvez a da justiça e a dos direitos iguais, mas não é nesse assunto que vou me ater agora.


Pierrot foi retratado por alguns pintores, fiquei até em dúvida sobre o qual eu gostaria de escrever, acabei escolhendo Picasso, Arlequim também foi retratado por alguns outros, aqui vai minha surpresa.


Na minha pesquisa e estudo para contar sobre a vida de um outro artista famoso do século XX, descobri, que a Colombina não virou obra pictórica de nenhum deles, a não ser acompanhada.


Nem Da Vinci, nem Dalí, nem Goya, Michelangelo, nem Miró, nem Monet, Munch, Picasso, nem Renoir, ou Van Gogh, muito menos Portinari...


Ninguém coloriu sozinha a bela e inteligente Colombina.


Hoje se eu pudesse ou ao menos tivesse esse talento, eu pintaria uma Colombina... para poder dizer que também chegamos lá. Que apesar de muito custo, nossos direitos foram ouvidos e nós as mulheres podemos virar arte discreta e delicada na mão do pintor...


Sem uma sexualidade a mostra, ou uma sensualidade despida, mas um retrato da mulher que é amada em segredo, porém ama sem medo alguém que não a olha. Porém não deixa de continuar alimentando-se de cultura e buscando aprimorar a arte de servir...


Puxa!!! Acho acabei de colocar minha máscara de Colombina e falei um pouco da Colombina que existe aqui dentro do meu peito e dentro de muitas outras, que como eu, sabem o valor da conquista de estar de bem com a vida...


Até a próxima...


Fiquem com Deus


Com carinho


Roberta




Joan Miró - O carnaval do Arlequim


Sei que estou meio atrasada, o carnaval já acabou... mas nunca é tarde para falar de arte.

Arlequim é mais um dos personagens que tenho falado nesses últimos dias e escolhi Miró para retratá-lo...
Essa é a forma que Miró enxergava "O carnaval de Arlequim", surpreendente!!!


Mais de Miró


Mas quem foi Joan Miró?
Nascido na Catalunha (a Catalunha é uma comunidade autônoma da Espanha, situada a nordeste da península Ibérica. É uma nação de origem medieval com uma língua própria e uma tradição cultural, política e jurídica diferenciada, que configurou a personalidade do país e de seu povo.)

No final do século XIX, ainda muito jovem Miró participou das vanguardas artísticas que agitaram a vida cultural espanhola no início do século XX. O artista praticou desde o início uma pintura de colorido intenso, com forte influência do movimento fauvista, (o fauvismo foi um fenômeno de vida curta e foi o primeiro movimento desse período moderno, no qual a cor reinou suprema.

Joan Miró nasceu em Barcelona, na Espanha, em 20 de abril de 1893. Apesar da insistência do pai em vê-lo graduado, não completou os estudos. Freqüentou uma escola comercial e trabalhou num escritório por dois anos até sofrer um esgotamento nervoso.
Em 1912, seus pais finalmente consentiram que ingressasse numa escola de arte em Barcelona.
Estudou com Francisco Galí, que o apresentou às escolas de arte moderna de Paris, transmitiu-lhe sua paixão pelos afrescos de influência bizantina das igrejas da Catalunha e o introduziu à fantástica arquitetura de Antonio Gaudí.
Miró trazia intuitivamente a visão despojada de preconceitos que os artistas das escolas fauvista e cubista buscavam, mediante a destruição dos valores tradicionais. Em sua pintura e desenhos, tentou criar meios de expressão metafórica, ou seja, descobrir signos que representassem conceitos da natureza num sentido poético e transcendental. Nesse aspecto, tinha muito em comum com dadaístas e surrealistas.
Em 1954, ganhou o prêmio de gravura da Bienal de Veneza e, quatro anos mais tarde, o mural que realizou para o edifício da UNESCO em Paris ganhou o Prêmio Internacional da Fundação Guggenheim. Em 1963, o Museu Nacional de Arte Moderna de Paris realizou uma exposição de toda a sua obra.
Joan Miró morreu em Palma de Maiorca, Espanha, em 25 de dezembro de 1983.

Saiba Mais:
©Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda.
A próxima postagens será sobre a última personagem das citadas, a bela e inteligente Colombina.
Até a próxima...

Pablo Picasso - Pierrot


Visto que o assunto é sobre Pierrot, Colombina, Arlequim e máscaras. Resolvi equacionar ao assunto um pouco mais de cultura.


PABLO PICASSO, O GÊNIO DA ARTE MODERNA


O artista mais famoso e versátil do século XX , nasceu em Málaga, no Sul da Espanha, em 25 de outubro de 1881.


O pai era professor de desenho e seu talento foi reconhecido cedo e aos 15 anos já tinha o seu próprio ateliê.

Picasso dormia durante o dia, pois costumava trabalhar à noite. Foi um período de extrema pobreza, frio e desespero. Muitos de seus desenhos tiveram que ser utilizados como material combustível para o aquecimento do quarto.


Teve uma fase chamada, fase azul que logo foi substituída quando se apaixonou por Fernande Olivier, suas pinturas mudaram de azul para rosa.


Em 1907, Picasso revolucionou o mundo da arte com As donzelas de Avignon, retratanto prostitutas num bordel. Num estilo menos naturalista e mais geométrico, sua obra impressionou Braque.

Na fase cubista, Picasso estava apaixonado por Marcelle Humbert, pois seu relacionamento com Fernande terminou em 1912.


Em 1917 foi para Roma e desenhou cenários e figurinos para um Balé Russo.


Apaixonou-se por Michelângelo e Rafael, mas também por Olga Koklova, uma bailarina.


Casaram-se em 12 de julho de 1918. Neste período o artista já se tornara conhecido e era um artista da sociedade.


Quando Olga engravidou , criou uma série de pinturas de mãe com filhos. No dia 4 de Dezembro de 1921 nascia seu filho Paulo.


Separou se Olga e suas pinturas sempre retrataram seus sofrimentos e perturbações, amou muitas mulheres, casou e descasou, e teve filhos e filhas.

Anos mais tarde, uma operação da próstata e da vesícula, além da visão deficiente, põe fim às suas atividades; ele morre em 8 de Abril de 1973.


Picasso ao morrer, em 1973, deixou uma fortuna calculada em 300 milhões de dólares, dos quais 250 milhões em obras de arte.


A lista do seu inventário acusa:

* 1885 pinturas,

* 7089 desenhos,

* 3222 peças de cerâmica,

* 7411 gravuras,

* 1723 pedras,

* 1228 esculturas,

* 11 tapeçarias e 8 tapetes.


Sua herança foi partilhada entre sua última esposa, Jacqueline Roque, seus filhos Maya, Claude e Paloma e seus netos Marina e Bernard ( filhos de Paul Picasso, o primeiro filho do pintor e já falecido ).

Saiba Mais:

Os Grandes Artistas Modernos, Editora Nova Cultural