BlogBlogs.Com.Br Feliz na Chuva!!!: Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Hoje é dia de poesia!!!


Acho que é o aniversário que tá chegando... a gente fica mais sensível...
Dedico a todos que passarem por aqui, mas em especial à alguém que tem me feito muito feliz... e tem feito eu voltar a acreditar em sonhos...

A poesia anterior eu quem escrevi, essa é de um mestre... Pablo Neruda
É Proibido
É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.
É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor,
É proibido deixar os amigos
Não tentar compreender os que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles,
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,
Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você,
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,
Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro,
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,
Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente,
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,
Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte,
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,
Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira,
É proibido não buscar a felicidade,
Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.
Pablo Neruda

O maior DOM

Essa poesia escrevi numa das horas mais difíceis da minha vida, quando a dor parecia travar uma luta árdua no meu peito com meu coração... tive medo de perder esse dom divino: o AMOR!!!


É o amor que trás doçura nas horas mais amargas da vida.
É o amor que multiplica, quando a vida quer dividir
É o amor que encanta, quando se perde a esperança da felicidade
É o amor que suaviza, quando o coração quer endurecer
É o amor que constrói, quando as experiências da vida querem destruir.
É o amor que sustenta, quando as pernas não querem mais caminhar
É o amor que conduz, quando queremos desistir.
É o amor que colore, quando a vida perde a cor.
É o amor que aquieta, quando o desespero quer gritar
Sem amor não há VIDA, não há ESPERANÇA, não há LIBERDADE
Amemos a cada dia para que quando nossos dias se findarem; possamos dizer.

Deus derramou sobre minha VIDA o maior dom - o AMOR
Valeu a pena viver.

Se alguém tiver interesse em copiar, repassar, fiquem a vontade só não esqueçam de colocar o crédito. (euzinha Cinthya Roberta Conte... tks!!!)