BlogBlogs.Com.Br Feliz na Chuva!!!: Sexta-feira, 5 de Julho de 2013

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Um Coracao que bate de saudade!!!


Oi de volta a escrita, depois e tantas idas e vindas.

Estou aqui de volta ao blog, mas bem longe do meu país, nem tao longe assim, mas também nem tao perto como eu gostaria.

Um bom tempo sem escrever, ufa!!! Mais de um ano!!!

Depois de dois filhos seguidos, o que já toma quase todo tempo ¨do mundo¨, mais os atendimentos no consultório, o projeto de escrever um livro, grupos de estudos, e todas mudancas naturais que uma vida nos encarrega de viver, agora estou aqui... na verdade logo ali, se você está lendo do Brasil...

Você deve estar se perguntado... (Caramba Roberta fala logo: - Aqui aonde???).

Pois é, como muitos já sabem estou morando na Colombia, agora sou uma cidada colombiana.

Viver em Bogotá é muito bom, conhecer outro país, uma outra cultura é divino, porém o que sufoca e vai matando aos poucos é a saudade que nos consome...

O coracao fica apertado, tao apertado que as vezes parece que parou de bater.

Saudade: um palavra tao brasileira, parece que até isso faz aumentar ainda mais esse sentimento, que só quem tá longe é capaz, de indentificá-la, sentí-la e chorá-la, ( nao consigo entender muito bem como que essa palavra nao tem traducao em nenhuma outra língua).

Hoje à vejo como cruel,  um sentimento que persegue por quase todo tempo, pois quem conhece muita gente bacana, como eu, gracas a Deus, tem lembranca o tempo todo. 

Uma quadra de futebal, montada dentro do shopping: claro lembra meu irmao, um bijuteria me lembro uma amiga (Thati) que tem uma loja linda aí no Brasil, depois uma gestante que caminha lenta e elegantemente, já me vem outra amiga na cabeca ( Ana Paula) e logo penso: - Quando eu voltar a morar no Brasil, esse bebê que ainda nem veio ao mundo, ja vai estar com uns 4 anos, um garotinho... Uma vidinha andante, pensante e falante... Lindo Vicente!!!

E assim passo o dias, como muitas pessoas que vao para longe de sua gente, de seu povo, de seu país...

Claro que nao é a coisa mais dificil do mundo, mas vou dizer que é quase um "espinho na carne". Sempre tem uma dorzinha a nos incomodar.

Sempre tem uma vozinha... que sussurra de madrugada, no café da manha, ou a qualquer hora do dia... " você se lembra e ... blá, blá blá, e sem nem me dar conta, é uma lagrima que rola... pula dos meus olhos sem pedir licenca, rola e escorrega pelo rosto, imponente, magestosa... 

Isso é a saudade batendo hoje, no lugar do coracao!!!

Até a próxima, e que seja bem próxima...